Os 4 P’s do Marketing Para Igrejas – Preço

O comprometimento de sua igreja

site08-baixa

O terceiro P, o Preço, é o composto mais difícil de se adequar para a realidade das igrejas. Para as empresas, por exemplo, o preço é o valor monetário atribuído ao produto ou serviço que ela vende. 

No caso de uma igreja, por mais que não seja exigido nenhum valor para que as pessoas frequentem a igreja e participarem dos cultos, existe sim, de forma sutil (e até bíblica), uma cobrança de comprometimento para que as pessoas se engajem e sirvam aos outros, tanto dentro quanto fora das quatro paredes da igreja.

Dicas práticas:

  • Faça com que esse comprometimento não seja tão “penoso” de ser executado pela sua congregação.
  • Dê ferramentas e incentive os seus membros a cumprirem o propósito de servir.
  • Mostre para a sua igreja por quais motivos esse comprometimento é tão importante, enfatizando as razões bíblicas por trás e dando as ferramentas certas para que todos sirvam da melhor maneira possível.

P1: PRODUTO

O que você
está vendendo

P2: PRAÇA

Aonde você
está vendendo

P3: PREÇO

Quanto você está cobrando

P4: PROMOÇÃO

Como você está divulgando
foto perfil Eduardo Crossby

EDUARDO NETO

Especialista em Gestão de Empresas pela FGV, formado em Marketing pela Liberty University (Virginia, EUA) e estudante de Economia na Fae Business School. Empresário e Sócio Proprietário da Crossby Marketing.

+55 41 3515-0670

Alberto Folloni, 315

Curitiba – PR